quarta-feira, 13 de maio de 2009

LiSbOa...MiNhA cIdAdE!

Lisboa das 7 colinas

à beira-rio plantada

O Tejo beija teus pés

por ti enamorado

Lisboa, minha cidade

onde nasci e cresci

Tu és mulher sem idade

senhora, varina, fadista

cantas o sonho e a desdita

deste povo português!

Viste partir caravelas

com homens de querer profundo

que deram mundos ao Mundo

Mais tarde, viste outra vez

partir jovens inseguros

p'ra uma guerra sem porquês...

Lisboa, minha cidade

tão cantada e celebrada

por artistas mundiais

É com a alma amargurada,

minha donzela sem par,

que te vejo desprezada

por quem te deveria Amar!




"eu"






15 comentários:

  1. Bonito poema. E o vídeo também!
    Chegou a tua vez de me ensinares ...onde vais buscá-los com este tamanho? :)
    Bjinho

    ResponderEliminar
  2. Ellen,

    Obrigada, amiga!
    Quanto ao resto, já te respondi, rsssssss!

    Bj, bj.

    ResponderEliminar
  3. ainda sobre o poema...
    é assim que acontece comigo, eles saem :)))
    não se explica, sente-se!!!

    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Ellen,

    É mesmo, amiga! No meu caso, é pena que não saiam mais vezes, rsrs!
    Estou a brincar porque, no fundo, sou uma sentimentalona romântica...e tu sabes!!! (ai a minha carapaça a quebrar, ui!).
    Bj, bj.

    ResponderEliminar
  5. Voltei de viagem e, vim te agradecer pela sua visita,obrigada.
    Agora estou visitando meus amigos aos poucos.
    Senti saudades de todos vcs.

    UM gde abraço.

    beijooo.

    ResponderEliminar
  6. Bom dia Gaby
    Muito bonito e verdadeiro o seu poema!
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Ana,

    Um beijinho para si também!

    Marie,

    Muito obrigada pelas suas palavras. Infelizmente, Lisboa anda muito maltratada por quem de direito!
    Beijossss.

    ResponderEliminar
  8. Ola...
    Passando para conhecer o blog....
    Vou "seguir" o blog, assim acompanho as novis!!!
    Tanti saluti!!!
    gi, Roma

    ResponderEliminar
  9. O dia hoje overture como se fosse,só momentos lindos vivi,esse agora,de te ler,aussi,merci,doce Gaby!
    Beijo mãos suas,em campo meu de girassóis,lá em blog meu,te ofereço uma braçada,de sóis em formas flores!
    Viva a Vida, Poeta!

    ResponderEliminar
  10. que linda homenagem, um dia eu conhece Lisboa
    bjss

    ResponderEliminar
  11. Primeiro, obrigada pelo carinho em meu blog.E sobre o texto, me lembrou fernando pessoa e seu amor por lisboa tb...
    um bjo

    ResponderEliminar
  12. Gi, Ricardo, Dri, Gabriela

    Obrigada pelas vossas visitas e pelas palavras que deixaram!

    Beijossss.

    ResponderEliminar
  13. Tem selinho la no blog presentes para vc.

    beijooo.

    ResponderEliminar
  14. Bah! Como eu gostaria de conhecer a tua cidade! Um dia é um dia não é? Creio que ainda porei os pés nessa terra que tanto me desperta o interesse... Talvez seja a literatura a culpada por minha vontade de cruzar o mar, Camões, Eça, Saramago e Tu com esse teu poema bonito.

    Um abraço!

    ResponderEliminar
  15. Ana,

    Muito obrigada. Vou já, já buscar!
    Beijosssss.

    Léo,

    Vai ver que vai valer a pena a viagem!
    Obrigada por ter gostado do meu poema.
    Bj.

    ResponderEliminar