domingo, 29 de março de 2009

AmOr... à minha maneira

Eu ainda acredito no Amor!
Não no amor de "almas gémeas" mas no das diferenças que se completam. Não no amor do "somos dois em um" mas naquele em que cada um pensa no outro, apesar da sua individualidade. Não no amor-paixão, mas no amor em que a paixão também está presente. Não no amor "como há 30 anos!" mas no amor que resiste à passagem do tempo, tem tonalidades diferentes, é suave, doce, apaziguador e companheiro. Não no amor "não consigo viver sem ti!" mas naquele que diz "se faltares, eu vou viver por nós dois, contigo no coração!". Não no amor das palavras, do "amo-te" diário, dos beijos apaixonados e das carícias constantes mas no amor das atitudes, do entendimento, no amor que adivinha de tão bem conhecer o outro. Não acredito no amor que "precisa de espaço" (esse chavão tão em moda!) mas que o espaço precisa de amor! A liberdade de cada um flui naturalmente quando duas pessoas se amam. Não acredito no amor "fazemos tudo em conjunto, gostamos os dois do mesmo!", mas acredito naquele amor em que se é uma equipa com objectivos comuns mas em que cada um respeita os gostos, os hobbies e as diferenças individuais. Não acredito no amor "estamos sempres de acordo", é porque alguém se está a anular e um dia vai procurar a sua identidade e não vai voltar nunca!!!Acredito que o amor deveria ser tão leve que não pesasse mais que uma borboleta no ombro, que deveria ser tão livre para se manter sempre amor...mas não é assim. Por amor, sofremos, mudamos, cedemos, choramos, crescemos, atravessamos oceanos, desbravamos florestas, perdemo-nos no deserto...mas também nos encontramos, rimos, somos praticamente felizes num dia de chuva, choramos só porque o mar é azul ou porque olhamos a neve...o amor não é racional! Não tem um tempo certo! Pode ser eterno...ou não!Mas eu ainda acredito no amor...eterno...e no destino!!!


"eu"

6 comentários:

  1. Excelente aluna :))

    Passa no meu Blog "oS meUs MimiNhoS" e trás uma prenda para ti um peluche ou o pópó :)e o bouquet de rosas que é oferta de cada mês para as Senhoras :)

    Isto até dá para brincar como os meninos pequeninos... desperta a criança que está dentro de nós eheheheh

    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Obrigada, amiga!
    Bem gostaria de ir buscar os meus presentes...mas ainda estou mto "verde" (BURRA)e n descobri como fazê-lo!!! :(
    Já percebi q há um mundo de coisas giras q se podem fazer mas preciso de umas dicas p "desemburrar", lol!!! Vou precisar da tua ajuda, ok?
    Bjinhos.

    ResponderEliminar
  3. Olá! Aqui outra nabiça nestas coisas, mas lá consegui perceber que posso entrar e participar neste seu espaço. Só tenho a aprender absorvendo as palavras de quem para mim é Luz!
    Adorei. Acredito também no amor que tem tantas formas e está por todo o lado...é só ABRIR OS OLHOS! Adoro-a! beijos enormes

    ResponderEliminar
  4. Obrigada, querida amiga! A sua amizade é um bem precioso q guardo c mta ternura.
    Como costumo dizer, "4ever together"!!!
    Bj no coração.

    ResponderEliminar
  5. Bom dia Gabriela!
    As visitas aos espaços não são intromissões, antes pelo contrário, os visitados é que habitualmente agradecem o interesse...
    Aqui tenho encontrado gente experiente, sempre pronta a ajudar.
    Conte comigo se lhe puder ser útil!(meu mail está no meu perfil).
    Quanto à sua forma de ver o amor, é muito idêntica à minha. A paixão acaba mas o amor perdura e é ele que nos ajuda a mover montanhas...
    Um beijo grande para si,
    Marie

    ResponderEliminar